• Equipe wwwarpando

Comunicar o que?

Vamos aprofundar na questão que eu trouxe em um outro artigo desse blog: “Como podemos nos comunicar com as profundidades das raízes e não por meio da superfície? Como comunicar de forma interconectada e nos retroalimentando?”


Ao ficar analisando e tentando responder essa questão alguns aspectos surgiriam:


1 - A importância de se pensar na comunicação de uma forma sistêmica e interconectada. Fiquei pensando que atualmente muitas empresas se dividem em departamentos, que por muitas vezes não se comunicam de uma forma eficiente. Focam em um objetivo local e esquecem de se comunicarem com o restante da empresa. Como é difícil retroalimentar se para que os processos fluam interna e externamente. Como a comunicação tem um papel primordial e como esquecemos de deixar tempo para essa ação. Por outro lado, quanto tempo perdemos com comunicações não efetivas, ou para reparar os danos causados por uma má comunicação, ou comunicando em redes que não conectam com os nossos reais objetivos.


2 - Acredito que um outro aspecto importante é a integralidade, autenticidade, integridade do se comunicar. A partir do que somos, do que desejamos, buscando conexões que realmente retroalimentam. A vontade de pertencimento pode vir a forçar interações e nos desconectar das nossas essências, presenças, propósito. Como precisamos estar conectados para conectar.


3 - O terceiro ponto que penso ser fundamental é estar aberto e disposto a se conectar de forma empática, a serviço. Muitas vezes, nos comunicamos para nós e não para o outro. Porém, a comunicação só será efetiva se você estiver também focado em pensar, construir e clarear para o outro.


Segue aí algumas considerações sobre o se comunicar. Comunique-se conosco e conte o que você pensa sobre essas colocações.


Encerro pensando sobre a imagem desse texto, a comunicação precisa ser ao meu ver como essa imagem, fluida, de forma que não sabemos se o fluxo existente é concêntrico ou excêntrico, com círculos altamente equilibrados. Penso ainda, que o nosso próprio corpo é um enorme professor de como todos os sistemas conseguem se comunicar, conectar, para nos fornecer vida.


Por: Simone Catalan

Leia mais










Dicas para alinhas coração, mente e sua iniciativa - Pela Angela Schmidt















Quais são as raízes da comunicação - Pela Simone Catalan














A demanda por nossa atenção - Pelo Reinaldo Rachid













Disciplina consciente e os 4 compromissos - Pá Falcão

Receba nossas atualizações

  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza
  • Instagram