• Equipe wwwarpando

Imagina..

Imagina que você nasceu paupérrima, no sertão da Bahia.


Imagina que quando você tinha 3 anos de idade sua mãe morreu e teu pai te entregou para uma família com mais condições te criar.


Imagina que essa família mudou seu nome e te convenceu que você foi passada pelo seu pai como um objeto.


Imagina que essa família te dá o mínimo para continuar viva e te obriga a trabalhar nos serviços domésticos.


Imagina que 12 anos depois, aos 15 anos, você decide fugir.


Imagina que você foge e encontra sua irmã, que te conta sua história e o seu verdadeiro nome.


Imagina que a única coisa que você sabe na vida são serviços domésticos e você vai pra Salvador trabalhar como empregada doméstica.


Imagina que você tem o sonho de conhecer São Paulo e arruma uma casa pra trabalhar nessa cidade.


Imagina que você trabalha muito, se casa, e começa a criar os seus filhos com muito sacrifício.


Imagina que você sucumbe ao sonho da casa própria e usa todo o dinheirinho que juntou por anos e anos para comprar um lote na zona sul de São Paulo.


Imagina que você descobre que o lote era ilegal e que a prefeitura vai te tirar dali.


Imagina que você então resolve juntar todos os outros que foram enganados como você e fazer uma associação.


Imagina que vocês se reúnem no meio da rua, fazem um estatuto como dá e juntam 1 real de cada um pra registrar a associação.


Imagina que essa associação protege os moradores e muda as vidas de muita gente, inclusive dos seus filhos.


Imagina que seus filhos, vendo seu exemplo, são pessoas nobres e honradas, profundamente comprometidos em melhorar a vida das pessoas.


Imagina você, depois de tudo isso, entrando numa sala de faculdade para ver a apresentação do trabalho de pós-graduação da sua filha, que foi desenvolvido para ajudar a associação que você formou.


Imagina você achar que não fez nada sozinha, só uniu as pessoas...


Agora...

Imagina que você é pai ou mãe de uma família de classe média no interior da Bahia.

Imagina que você é procuradx por um pai desesperado, sem condições de criar a filha.

Imagina que você aceita a menina e pensa “Oba, empregada doméstica grátis!”.


Ou então

Imagina que você é pai ou mãe de uma família de classe média no interior da Bahia.

Imagina que você é procuradx por um pai desesperado, sem condições de criar a filha.

Imagina que você aceita a menina e pensa “Oba, alguém que eu posso ajudar!”.


Mas

Imagina que você é corretor de imóveis na São Paulo dos anos 80 / 90.

Imagina que você descobre que está vendendo terrenos em um loteamento ilegal.

Imagina que você continua, pois tem que viver.


Porém

Imagina que você é corretor de imóveis na São Paulo dos anos 80 / 90.

Imagina que você descobre que está vendendo terrenos em um loteamento ilegal.

Imagina que você se junta com os outros corretores e impede que a empresa de loteamentos faça isso.


Contudo

Imagina que você é um político de São Paulo, ou da Bahia.

Imagina que você vê crianças sendo vendidas, ou pessoas humildes sendo enganadas.

Imagina que você pensa quantos votos vai ganhar com isso.


Entretanto

Imagina que você é um político de São Paulo, ou da Bahia.

Imagina que você vê crianças sendo vendidas, ou pessoas humildes sendo enganadas.

Imagina que você faz o seu trabalho e busca realmente resolver o problema.


Pra fechar

Imagina que você é um cidadão brasileiro

Imagina que você sempre achou que não podia fazer nada pra resolver situações como essa

Mas a Dona Vera fez. E seus filhos estão fazendo. E aquela comunidade está fazendo.


Então,


Imagina que você pode realmente fazer alguma coisa.


E faça!


Esse texto é uma homenagem à Dona Vera, todos seus filhos, mas especialmente Edson e Taty, sua nora Marisa e seu neto Nicholas.

Dependendo do que você imaginar, você vai poder ajudar em todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento sustentável da ONU.



Para conhecer a Dona Vera por suas palavras, acesse https://youtu.be/cxmn2JPjHm8


Para conhecer a associação, acesse:

https://www.auriverde.org/


Para doar e ajudar as famílias passando necessidade na zona sul de São Paulo, acesse https://auriverde.colabore.org/criandofuturo/people/new


Para ver mais artigos deste blog, acesse nosso diário de bordo: https://www.wwwarpando.com.br/diariodebordo


0 visualização

Receba nossas atualizações

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Instagram