• Equipe wwwarpando

Quanto estamos preparados para sair das zonas de conforto?

Hoje resolvi postar um pequeno texto baseado em uma frase de Clarissa Pinkola Estés.


"Se você tem uma cicatriz profunda, ela é uma porta..."


Ao escrever os último textos sobre vendas, trazendo outros olhares e dialogando, questionando com algumas pessoas, surgiu para mim uma pergunta.


Quantas cicatrizes serão necessárias na humanidade para realmente abrirmos portas ao invés de novas feridas?


Estamos em um momento caótico no qual não existe muito uma equação pronta para solucionar a questão. Nesses momentos que não temos muitos contornos, exige-se novas formas de perceber, de planejar, de nos deparar efetivamente com as realidades.


Portanto, se não temos muitos contornos e limites previsíveis. O que costuma nos trazer uma falsa sensação de conforto. Será que a solução não é encararmos de vez os desconfortos? Por: Simone Catalan

33 visualizações

Receba nossas atualizações

  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza
  • Instagram