Seja multiplicador de uma trending topic chamada #bemestar


Quantas foram a vezes que você percebeu que todo mundo ao seu redor e mesmo as ferramentas de mídia estavam falando /divulgando o mesmo tema num determinado período do dia? Ou até mesmo o dia todo? O tema é um tópico do momento...


Especialmente no “Twitter”, rede social ao qual não tenho tanta afinidade assim, o tópico do momento é possível ser localizado pela busca das #s (Hashtags). E, através deste mecanismo, há a origem do conceito específico de “trending topics”*


*A tradução ao pé-da-letra de Trending Topic (TT) é tópico em tendência. Mas o termo usado na versão em português, "Assuntos do Momento", explica melhor o conceito. Quando alguém diz que tal assunto é TT da semana, isto quer dizer que o número de tuítes com uma hashtag ou palavra(s) relacionada(s) a este tópico tem sido disseminada por um vasto número de pessoas num determinado período. Quando isso acontece, o assunto entra para um ranking do Twitter de assuntos mais populares e se torna um trending topic.

Fonte: Tecnologia - iG @ https://tecnologia.ig.com.br/o-que-sao-e-como-funcionam-os-trending-topics/n1597175643026.html


Mas, o conceito extrapola a rede social e vai para o nosso dia a dia...


Inevitável afirmar que tudo relacionado à vacina, ao próprio vírus, aos impactos sócio/ políticos/

econômicos da pandemia são os temas do momento.


No dia em que o número de mortos no Brasil alcança o mesmo número de mortos em 11 de setembro de 2001, nos ataques terroristas no EUA, não tenho olhos para outro tópico


Neste mesmo dia inicia em mim uma coriza e um estado de gripe... to começando a ficar com medo e “dou vitamina” para a ligação de pontos, memórias e observações dos últimos 15 dias, até para checar se faz sentido pensar se estou infectada Tenho sido uma cidadã indignada com tudo que está acontecendo em nosso país mas ao mesmo tempo grata por poder estar em casa, trabalhando conectada em “home office”. Ou seja, o “fique em Casa” tem sido um mantra. Até briga no condomínio estou arrumando quando vejo gente aglomerada nas áreas comuns! Pôxa, se estou mesmo doente, de onde veio? Talvez seja aí que vc, caro leitor, entenda meu paralelo entre “Trending topic” e este momento que estou vivendo: meus olhos, ouvidos e pensamentos só captam coisas referentes à doença. Parece que tudo se conecta a mim e meu estado. Um “post” displicente, de um desconhecido, quase que por mágica, entra no meu painel explicando os sintomas. Um outro “post”, de uma pessoa que não vejo e falo há anos, também aparece, contando sua história de recuperação. Cai, na minha bolha algorítmica de notícias de jornal, uma reportagem/relato de uma pessoa que saiu da UTI... Dois amigos infectados, notícia “quentinha” de hoje de manhã, antes de eu estar com a coriza tão forte... Pais de uma amiga internados... Enfim...


Sigo aqui monitorando febre e saturação, até para tomar a decisão de ir para o hospital ou não.

Aí me lembrei de livros que falam sobre como as idéias viralizam (Contágio – Jonah Berger – resumo em youtube https://www.youtube.com/watch?v=Pe0olLY1SRM e um outro chamado O Ponto da Virada – Malcom Gladwell – com resumo https://www.youtube.com/watch?v=jUlD2OZlYE8)


De maneira alguma estou comparando a pandemia a uma idéia que viraliza. Minha abordagem está na atenção concentrada que damos aos fatos e a energia que temos para contagiar outros à mesma discussão. Deixo aqui a reflexão sobre a ação de cada um de nós em colocar nosso foco e compartilhamento em temas que tragam o diálogo acerca da solução dos problemas que temos, ao ponto de viralizar.


Qual voz cada um de nós está dando ao senso crítico, analítico e propositivo para o bem estar? Quero muito que #saúde, #bemestar se consolidem como “trending topic”


Por: Lígia Mardiression

Leia Mais






E o que temos para este mês da mulher? - Pela Lígia Mardiression











As treinees de Serendip - Pela Pá Falcão












15 visualizações0 comentário